Topo
Deu Match!?

Deu Match!?

Categorias

Histórico

Apps de paquera para evangélicos para quem quer só relacionamento sério

Deu Match!?

08/06/2019 04h00

Crédito: Pexels

Encontrar a cara-metade é o desejo de muitas pessoas. Os aplicativos de paquera são um exemplo de ferramenta para facilitar esse final feliz. Pensando em direcionar cada vez mais a oferta de serviços, além de os apps de relacionamento mais tradicionais, há aqueles focados em públicos mais específicos, como as pessoas com mais de 40 anos, vegetarianos e (por que não?) evangélicos.

Prós e contras

Os interessados contam com diversas possibilidades, tais como, Amor Cristão, Encontro Cristão e Divino Amor. Marcos Célio, um dos primeiros a explorar esse nicho, criou em 2008, o site RomanceCristão.com. "Sabíamos das limitações dos encontros de solteiros das igrejas. Além disso, o par ideal poderia não estar na própria igreja que a pessoa frequentava, e sim na igreja vizinha, em outro bairro ou em uma cidade diferente. Por que não unir todas essas pessoas", questiona.

O app derivado do site, "Romance Cristão – Namoro & Chat Evangélico", foi lançado em 2017 e conta com 700 mil usuários atualmente. Assim como acontece com outros aplicativos disponíveis no mercado, há planos gratuitos e também pagos. O grande diferencial aqui é o cadastro. " É preciso responder a denominação da igreja a qual pertence, com que frequência vai ao local e se participa de algum ministério. Além disso, o usuário informa com quais denominações deseja se relacionar. Dessa forma, os perfis são direcionados de acordo não só com localização, mas, também, respeitando as escolhas do usuário", salienta Marcos.  

Veja também

Danielle Lima e Thiago Lima casaram-se menos de dois após se conhecerem em app cristão. Crédito: arquivo pessoal.

À procura de compromisso

Independemente de sua religião, se o seu foco é sexo casual e pegação, já deu para notar que esse tipo de app não é para você. O intuito de quem se cadastra ali é encontrar relacionamentos sérios, como aconteceu com Danielle Cristine Moreira de Lima, de 30 anos.

Em janeiro de 2011, por curiosidade, a mineira resolveu se cadastrar no site. A primeira opção de pretendente que apareceu para ela foi o consultor técnico Thiago Lima. "Mesmo conversando muito pelo app e percebendo que queríamos nos conhecer, para mim, parecia impossível que algo do tipo desse certo", relembra Danielle.

"Faço aniversário dia 1º de junho. Quando foi em 30 de maio daquele mesmo ano, recebi uma mensagem dele dizendo que tinha comprado a passagem e chegaria a Belo Horizonte no dia do meu aniversário. Só pensei "meu Deus, está acontecendo"! Assumimos nosso namoro, antes do Thiago voltar para o Sul. Ele disse que ia fazer de tudo para se mudar para Minas para, assim, ficarmos perto um do outro. Em novembro, surgiu uma oportunidade de emprego aqui que deu certo. Ele largou tudo e veio morar perto de mim", conta, entre risos.

Em setembro de 2012, ele se casaram e juntos têm uma filha que fará cinco anos em breve. "Quando vi uma página de paquera voltada para o público cristão, foi ótimo, porque me daria a oportunidade de conhecer pessoas do meio. Além disso, estava em uma idade em que queria algo sério, pois sempre sonhei em me casar jovem. Foi coisa de Deus mesmo", conclui a dona de casa.

Por Eligia Aquino Cesar, colaboração para a Universa

Sobre o blog

Notícias, curiosidades e muitas histórias de quem já se deu bem ou quebrou a cara nos apps de paquera.

Deu Match!?