menu
Topo
Deu Match!?

Deu Match!?

Categorias

Histórico

Tinder também serve para descolar um emprego; leia estas histórias

Deu Match!?

2002-11-20T18:04:00

02/11/2018 04h00

Usuários cada vez mais utilizam aplicativos de relacionamento para aumentar rede de networks (Foto: Pexels)

Atualmente, o desemprego no Brasil atinge 12,5 milhões de pessoas e, ainda que a situação esteja difícil e a busca por recolocação profissional permaneça uma constante, isso não afeta o desejo das pessoas de encontrar um par. Seja coincidência ou sorte, há quem tenha conseguido seu tão sonhado emprego por meio de aplicativos de relacionamento.

Mais do que achar um crush, tem muita gente que está usando o app para dar uma atualizada na lista de contatos profissionais na esperança de conseguir um trabalho. No Twitter, não é difícil encontrar quem dê relatos de empregos e entrevistas viabilizadas pelo aplicativo de relacionamento.

Veja também:

Pedro Andrade, 24 anos, conseguiu seu estágio graças ao uso do Tinder. Desliza daqui, desliza dali, ele deu match com Sérgio, que trabalha em uma agência de publicidade. "Foi aquela conversa básica de Tinder no começo, depois falamos de filmes, séries e ele contou do trabalho dele e descobrimos que éramos na mesma área. Comentei que estava procurando emprego e ele falou de uma vaga na equipe dele. Saímos no dia seguinte, nos pegamos e, na outra semana, fiz a entrevista com o chefe dele e passei. Hoje, trabalhamos juntos", conta ele.

A advogada Júlia Lima, de 31 anos, também teve sorte no seu match. Ela conta que as conversas com o pretendente já somavam semanas quando ela comentou com ele que estava desempregada. "A gente estava ensaiando sair fazia um tempo, mas sempre dava alguma coisa errada. Um dia falei que não ia rolar uma balada que ele havia me convidado porque estava sem grana e desempregada. Ele confirmou a minha profissão e disse que o amigo que divide apartamento com ele tinha comentado que estavam contratando na empresa dele e que ia falar de mim", relembra.

Carlos, o match de Júlia, fez o meio de campo entre a moça e o amigo e, na mesma semana, ela fez a entrevista na empresa de turismo em que ele trabalha. Hoje, a advogada já está empregada há cinco meses lá.

Quem está animada com a possibilidade de entrar na lista de sortudos que conseguiram emprego via Tinder é a estudante de turismo Jessica Pinheiro, de 21 anos. Usuária do Tinder há seis meses, nunca passou pela cabeça dela que o app de pegação seria uma porta para entrevistas de emprego. "Conheci esse cara no Tinder e ficamos muito amigos porque a gente gostava das mesmas coisas — e odiava as mesmas, também. Um dia conversando com ele, disse que estava triste por conta do meu desemprego repentino, e ele me disse que avisaria assim que soubesse de algo", conta ela.

Poucos dias depois, uma nova mensagem do boy no Tinder. Ao abrir o app, Jessica viu uma mensagem dele pedindo o envio urgente do  currículo dela que ele encaminharia para uma ficante dele, que tinha uma vaga de emprego.

O currículo foi encaminhado, a entrevista de emprego feita, mas infelizmente Jessica não ficou com o emprego. Porém, nem tudo está perdido. "Ele conseguiu outra entrevista para mim na semana que vem. Estou animada, quem sabe rola?", finaliza ela.

Sobre o blog

Notícias, curiosidades e muitas histórias de quem já se deu bem ou quebrou a cara nos apps de paquera.