Topo
Deu Match!?

Deu Match!?

Categorias

Histórico

Foto de agora e nude: o que te faz derrapar nas regras de etiqueta dos apps

Deu Match!?

23/07/2019 04h00

Crédito: Pexels

Já ficou bravo porque alguém leu sua mensagem no WhatsApp e demorou muito para responder? Curtiu uma foto sem querer no Instagram ou Facebook? Esses são alguns exemplos de vacilos e atitudes irritantes que podem acontecer com qualquer um e que nem sempre são propositais. É como se cada rede social tivesse uma etiqueta própria não declarada, mas que a grande maioria das pessoas segue essa regra por mais absurdo que isso pareça. E como não poderia deixar de ser, o mundo dos apps de paquera também conta com algumas dessas regrinhas.

Telefone? Nem pensar

Você e aquele gato deram match, começaram a trocar mensagens no app, tudo fluía bem até que ele quis migrar a conversa para o WhatsApp e você pisou no freio. Muitas usuárias de apps têm por hábito trocar telefone apenas se realmente estiverem interessadas. A principal justificativa, além do desconforto de passar o número para alguém que mal conhece, é que a conversa via app não precisa ser tão rápida, necessita de tempo para engrenar, ideal para quem acabou de se conhecer.

Veja também

Nudes: mandar ou não?

Evidentemente existem muitas mulheres que além de enviar nudes, gostam de recebê-los. Porém, dentro desse grupo, são raras aquelas que curtem abrir uma mensagem enviada pelo crush achando que é uma piada ou o print de alguma notícia e se deparam com uma foto dele nu e, muitas vezes, excitado. A situação, além de desagradável, torna-se constrangedora, se a desavisada olhar a imagem no trabalho, quando estiver próxima aos pais ou, ainda, no transporte coletivo. Nude só com consentimento. Depois não reclame se for bloqueado.

Intimidade exagerada

Sabe aquele cara que, no meio da primeira conversa, pede para a garota ir até a casa dele, assim na cara de pau mesmo? A não ser que a mulher tenha deixado claro que está buscando sexo casual ou algo do tipo, essa atitude costuma não agradar. É considerada uma abordagem agressiva, principalmente, entre aquelas que são muito preocupadas com a questão da segurança. Vale dar uma sondada antes de fazer o convite para evitar esse tipo de mancada.

"Foto de agora"

Uma atitude considerada sem noção por muitas mulheres é a do cara que viu o perfil da garota pela qual se interessou cheio de imagens e, assim que conversa com ela, pede "para mandar foto de agora" e, em muitos casos, de corpo inteiro. Tudo bem ter a aparência como fator importantíssimo. Porém, há maneiras mais sutis do que essa de descobrir se alguém faz seu tipo . 

Respeito às escolhas

Se a pessoa colocou na descrição que procura alguém para ter um relacionamento sério, que gosta de cachorros, que esteja alinhado politicamente com ela ou qualquer coisa do tipo que esteja voltado a preferências e não a preconceito, não seja o chato que fica tentando convencer a garota que ela está errada em relação às convicções dela. Vá atrás de alguém que esteja de acordo com seu perfil e seja feliz!

Aceite os limites

O fato de alguém topar te conhecer pessoalmente, não quer dizer que necessariamente vá rolar beijos e pegação. Afinal, isso depende de fatores como atração física, afinidade e simpatia, que podem não rolar pessoalmente. Forçar a barra, tratando como se o outro tivesse obrigação de ficar com você só porque aceitou sair, é extremamente desagradável, além de desrespeitoso.

Não seja sem noção

Por último, não esqueça que além de usar os apps de paquera as pessoas têm outras atividades. Não dá para ficar disponível 24 horas por dia conversando com os crushes. Não seja o indivíduo que cobra atenção ou fica reclamando com o pretendente pela demora em responder. Respeite o tempo da pessoa. Bem melhor do que bancar o insistente, se for o caso, volte aos apps e tente encontrar alguém que tenha mais o seu perfil.

Por Eligia Aquino Cesar, colaboração para a Universa

Sobre o blog

Notícias, curiosidades e muitas histórias de quem já se deu bem ou quebrou a cara nos apps de paquera.