Topo
Deu Match!?

Deu Match!?

Categorias

Histórico

Tinder, Happn, Grindr... Como começar a flertar nos apps? Usuários explicam

Deu Match!?

27/06/2018 04h00

 

Ilustração: Getty Images

Quase todo solteiro ou solteira busca um amor ou um rolo no mundo virtual, e não só os jovens. Ainda não experimentou? Se você quer entrar no mundo do flerte digital, mas não sabe bem como começar, reunimos algumas dicas de usuários bem versados no assunto para você iniciar a sua vida amorosa on-line o quanto antes:

1. Seja você mesmo e vá com calma

"Para quem não tem costume de usar aplicativos, a pessoa pode pensar que, para recuperar o tempo perdido, ela precisa agir como todo mundo age ou como ela pensa que as pessoas agem, topando tudo e caindo de cabeça nas propostas, mas não é bem assim. A melhor coisa é ser quem você é, não ter medo de ser verdadeiro com quem você conversa e ir com calma. Não dá para se jogar na esquisitice das pessoas! Está cheio de gente doida nesses apps que não sabe o que querem" – Camila, 23 anos

Veja também:

2. Capriche na foto de perfil

"Tem um pessoal que escolhe umas fotos nada a ver para colocar no perfil do Tinder. As fotos têm que servir para ver a pessoa, e não a casa da praia, o cachorro, o carro, o cômodo da casa… Já vi até foto que dava para ver mais um banheiro do que o rosto da pessoa. Tem que por a cara no sol" – Juliano, 19 anos

3. Cuidado na descrição

"Talvez a pessoa ache que colocar uma lista de todas as conquistas na carreira seja uma necessidade, mas esse tipo de coisa só é estranha, na real. Quem usa app quer conhecer alguém legal para tomar uma cerveja no bar, não pra fazer uma entrevista de emprego. Isso sem falar naqueles caras que lotam a descrição de exigências para encontrar a mulher dos sonhos, que não pode isso, não pode aquilo. Esses aí só ganham deslizada para a esquerda" – Lígia, 24 anos

4. Tenha a idade que você tem

"É um pouco estranho ver um adulto tentando parecer mais jovem. Já conversei com alguns caras mais velhos que usavam umas gírias muito estranhas e acho que eles achavam mesmo que estavam falando igual a galera mais nova. Não era o caso. Pode ser que apareçam barreiras na conversa entre uma pessoa mais jovem e outra mais velha, mas vale mais elas tentarem atravessar elas, do que um ficar tentando fingir que tem a idade do outro. Não tem como dar certo" – Paula, 21 anos

5. Use o benefício da atração mútua

"Se você está conversando com a pessoa no Tinder, é porque você a achou atraente e ela também pensa estar interessada em você. Não tem porque ficar acanhado na hora de chegar junto, pois a vantagem do aplicativo é justamente essa: você já saber de cara que a pessoa está interessada. É como aquela troca de olhares na balada, só que mais prático. É só ir pra cima e ser confiante na cantada" – Pedro, 25 anos

6. Nada do que foi será do jeito que já foi um dia

"As pessoas hoje não flertam mais como elas faziam há 15 anos. É tudo muito mais aberto, mais direto, tem mais liberdade, até mesmo nos papos. Não tem problema falar de sexo, não tem problema fazer sexting. Talvez quem é mais velho e não está acostumado com isso ou está fora do mercado há muito tempo, não se sinta tão confortável lidando com essa mentalidade mais aberta mesmo sem tanta intimidade. Mas não é difícil, é só se permitir" – Ana, 19 anos

7. Deus no céu e configuração na Terra

"Ficar de olho nas configurações do Tinder é muito importante. Pode parecer bem idiota isso, mas, além das do perfil, ficar de olho nos outros indicadores do app pode ajudar muito a aumentar o número de encontros. Às vezes, a pessoa tem poucos matches porque a distância e alcance estão configurados errados ou mesmo a localização em que a pessoa abre o Tinder. Ir para o centro da cidade é certeza de match, mesmo que não vire encontro" – Tiago, 21 anos

8. Entenda o momento da outra pessoa

"Não é porque o cara tem 40 anos que ele quer casar ou porque a menina tem 18 que ela só quer curtir. Muita coisa dá errado nesses encontros porque as pessoas tiram conclusões precipitadas sobre o que o outro quer, ou acham que as coisas que elas falam no app é só para criar uma imagem falsa para dar uns pegas no outro. Às vezes, a pessoa realmente está falando a verdade quando quer algo sério ou quando não quer. A melhor dica é que a pessoa aprenda a ouvir e preste atenção no outro, seja no Tinder ou frente a frente" – Sofia, 26 anos

Sobre o blog

Notícias, curiosidades e muitas histórias de quem já se deu bem ou quebrou a cara nos apps de paquera.

Deu Match!?