Deu Match!?

Categorias

Histórico

Fetiche? Músico busca pés bonitos em aplicativos de paquera

Deu Match!?

14/03/2018 12h28

Foto: Getty Images

É um gosto bastante peculiar que toma conta da vida amorosa de Renan, 25, e que, muitas vezes, até atrapalha os encontros do músico. Ele é fissurado por pés. Mas não é qualquer pé que faz o queixo de Renan cair: para atrai-lo, é preciso que os pés sigam quase um padrão ABNT de regras. “Conheci uma garota no Happn e a gente se identificou bastante. Ela era gata, bastante inteligente, nosso papo casou e fluiu. Fui ao Instagram dela e procurei por fotos dos pés, pra ver se eu me sentiria atraído”, contou. “Não achei. Tive que esperar o primeiro encontro, o que pode ser excitante, mas também bastante frustrante. Saímos para jantar e ela estava usando sapatos fechados. Não consegui ver nada! Demos uns beijos e marcamos o segundo encontro, uma viagem à praia. Aí não teria como escapar”.

O pé esquerdo era bonitinho até, mas o direito era uma desgraça, meu Deus do céu

Chegando ao camping onde se hospedariam, Renan e a crush ficaram mais à vontade. Enquanto ele montava a barraca, ela foi se trocar. “Agora vai”, pensou. Quando a moça voltou, descalça, o músico teve uma grande decepção. “O pé esquerdo era bonitinho até — nota 7,5 —, mas o direito era uma desgraça, meu Deus do céu. O terceiro dedo dela parecia um poste perdido naquele contexto. Que horrível, segui pensando em outras coisas, mas sabia que não ia rolar nada sério”. Acostumado com frustrações, Renan já sabia como continuar a viagem sem dar tanta importância assim aos pés da gata. “Fiz o que sempre faço nesses casos: aproveitei que era um camping, esperei ficar bem escuro e transamos. Durante o dia, evitava ao máximo olhar para baixo”.

Fim de viagem, Renan e mocinha nunca mais saíram. “Ela era legal, mas se os pés não forem bonitos, eu não me sinto atraído por mais linda que a mulher seja”.

Critérios de análise de pés, por Renan

“Como eu analiso pés: ao colocar seus pés um do lado do outro, você vai perceber que forma um arco do dedão para o dedinho. Vai do maior para o menor, certo? O principal fator, pra mim, é que os dedos devem obedecer à ordem de tamanho. O dedão deve ser o maior e o dedinho o menor. Esse é o principal critério de avaliação. Quando um dedo, mesmo seguindo a escala correta, é muito menor ou muito maior que os outros, isso mata meu coração, isso tira meu desejo de viver”, explicou o músico.

“O segundo fator é realmente o cuidado, unha feita, que passa uma sensação de limpeza. Calcanhar rachado é horrível, não dá! Saí com uma mulher que tinha o calcanhar assim uma vez, ela roçou o pé na minha canela e era como se tivessem passado uma faca no meu coração”, continuou. Para Renan, há o plus – que não é um critério, mas gera pontos extras à jovem: tornozeleira. “É a cereja do bolo”.

Renan tentou mudar a realidade do fetiche, procurou psicólogos e passou por sessões de terapia. Mas foi em vão. “Até terminei relacionamentos por causa de pé, sei que é algo que me prejudica. Contudo, os especialistas sempre dizem que é um fetiche meu e que eu preciso respeitá-lo”.

Sobre o blog

Notícias, curiosidades e muitas histórias de quem já se deu bem ou quebrou a cara nos apps de paquera.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Blog Deu Match
Topo